Bancários do Nordeste encerram greve no BNB

Após 27 dias de firmeza na greve, os funcionários do Banco do Nordeste do Brasil (BNB) encerram a paralisação na maioria dos Estados, de acordo com decisão tomada em assembleias, realizada na noite na terça-feira (15), no Ceará, Bahia, Sergipe e Maranhão. Idêntica decisão já havia sido tomada em Pernambuco e Piauí.

 

Para os bancários, um dos benefícios da proposta do banco é a garantia da PLR Social de 3%, distribuída além do proposto pela Fenaban (Federação Nacional dos Bancos).

Durante a paralisação, os trabalhadores deram exemplo de resistência. Quase 100% das 300 agências do BNB espalhadas pelo Brasil aderiram ao movimento. Cerca de 90% dos funcionários cruzaram os braços. 

“Os bancários dessa instituição financeira em Sergipe e Bahia seguiram o resultado das assembleias realizadas nos estados do Nordeste. Aos 27 dias de greve e mesmo sem alteração na proposta do BNB, a avaliação da categoria na assembleia foi positiva. Ainda com todas as dificuldades na correlação de forças, a greve foi considerada como uma importante vitória política da categoria”, avalia o presidente do sindicato dos Bancários de Sergipe (Seeb-SE), José Souza. 

Para o analista de Projetos do BNB, Dario Ferreira, na mais longa greve dos bancários dos últimos 20 anos, “os funcionários do BNB com o apoio e a logística do nosso sindicato vamos retornar ao trabalho de cabeça erguida, ampliando nossa unidade”.

Saiba mais

Em todo o Estado de Sergipe, o BNB tem 17 agências e aproximadamente 350 funcionários. Já no primeiro dia de greve a adesão ao movimento grevista na capital aracajuana foi total, todas as agências foram fechadas. No País, quase 100% das 300 agências do BNB espalhadas pelo Brasil aderiram ao movimento. Cerca de 90% dos funcionários cruzaram os braços.

O Banco do Nordeste possui uma rede de 213 agências e está presente nos estados do Nordeste (Maranhão, Piauí, Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco, Alagoas, Sergipe e Bahia) e os nortes de Minas Gerais e do Espírito Santo. Na área de atuação, o BNB atinge cerca de 2.000 municípios. O banco também atua com as chamadas agências itinerantes, em localidades onde o banco não tem agência fixa.

Fonte: Déa Jocobina – Seeb-SE