Seeb-SE alerta que bancos ‘comem’ taxas da poupança dos pequenos

Os bancos podem cobrar uma tarifa mensal de R$ 4 ou 30% do saldo de conta de poupança inativa, sem saques ou depósitos por seis meses e com saldo inferior a R$ 20, de acordo com Resolução do Banco Central.

“Na hipótese de um saldo de R$ 5, o banco retirar R$ 4 de tarifa é algo absurdo. Até se for cobrado R$ 1,50 (30%) é exorbitante” alerta o diretor do Sndicato dos Bancários de Sergipe (Sebb-SE), Edson Moreira.

De acordo com o sindicalista, o que se constata no Brasil é o beneficiamento de instituições bancárias que lucram bilhões com as tarifas e, ainda assim, lucram em cima do pouco dinheiro que o brasileiro deixa numa poupança.

“Banco Central, mude sua postura! Quem deve ser protegido é o pequeno poupador, não os bancos, que já são riquíssimos”, ressalta Edson Moreira.

Por Edivânia Freire- Seeb/SE