Marina Silva e a fronteira agrícola

 Por Gilda Almeida*

A demissão de Marina Silva do Ministério do Meio Ambiente (MMA) é, sem dúvida, um grande prejuízo. As tensões que haviam na relação do Ministério com outros setores do governo e, principalmente, com os defensores da expansão da fronteira agrícola sem limites não se resolvem com a simples saída de Marina Silva. Haverá, certamente, mudança de rumo na política ambiental do governo — fato já comemorado por certos setores abertamente hostis à política que ela conduziu à frente do Ministério. E, consequentemente, os conflitos ambientais tendem a se agravar.

Leia mais »

Mães: presentes para o futuro

Por Abgail Pereira* 

No mundo do capital, algumas datas, tão significativas em suas origens,  acabam sendo simplesmente transformadas em oportunidade de negócios. Uma das mais singelas e ilustrativas é o “Dia das Mães”. Todo o sentimento que envolve a maternidade,  a emoção da geração da vida, a dor e a alegria da construção de um novo ser,   passam  a servir de apelo ao consumo. Têm presente de todos os tipos, para todos os gostos, para todos os bolsos,  em prestações a perder de vista, com juros, é claro.

 

Leia mais »

A CTB e a América Latina

Por Osvaldo Bertolino*

As mudanças que estão ocorrendo na América Latina suscitam questões relevantes para os marxistas. Velhos conceitos passam por uma prova viva da realidade concreta, ao mesmo tempo em que velhos preconceitos, que pareciam mortos no passado, ressurgem com novas roupagens. Seja como for, estamos diante de uma realidade que oferece importantes oportunidades para o debate de idéias.

Leia mais »

O Paraguai é aqui

Por João Capiberibe*

Parecia uma manhã de domingo qualquer de sol radiante e ruas desertas. Nas esquinas, duplas de policiais com seus uniformes cáqui. Descontraídos, pareciam proteger as moscas. Não havia viva alma na rua, tive que andar uma quadra até a banca de revistas para pedir orientação de como chegar à Escola Brasil, local de votação, onde iria tratar de exercer a função para a qual fui convidado aquele país.

Leia mais »

Um dia de lutas históricas

Por Wagner Gomes*

Cento e vinte e dois anos se passaram desde que os trabalhadores norte-americanos decretaram, em 1º de maio de 1886, uma greve nacional pela jornada de 8 horas de trabalho. A reivindicação era: “8 horas de trabalho, 8 horas de sono, 8 horas de lazer”. A situação era extremamente difícil para os trabalhadores — não só para os norte-americanos, mas para todos aqueles que viviam em países que começavam a se industrializar.

Leia mais »

Mitos sobre a ocupação da indústria

Por Antonio Corrêa de Lacerda*

A polêmica referente à capacidade do setor industrial em atender ao suprimento da demanda, sem que isso signifique riscos de desabastecimento e/ou pressões inflacionárias, tem ganhado dimensão. Ela é relevante porque influencia as decisões de política econômica, envolvendo entre outras questões a fixação da taxa de juros.

 

Leia mais »

O preço do aumento dos juros

Por Paulo Nogueira Batista Jr* 

Peço ao leitor licença para voltar ao tema dos juros e publicar hoje um artigo um pouco mais técnico. Há uma razão para mudar o registro. É que os defensores dos juros altos costumam se refugiar no argumento de que é deles o monopólio do saber técnico. Os críticos da política monetária seriam economistas desencaminhados ou pessoas politicamente motivadas -“populistas”, em suma, que não conhecem a importância do combate à inflação e o papel dos juros.

 

Leia mais »

Imperfeições sobre registro sindical

Por Edésio Passos*

A Portaria nº 186, de 10.04.2008, publicada em 14.04.2008 (DOU.Seção I), do Ministro Carlos Lupi, do Trabalho e Emprego, fixou normas sobre os pedidos de registro sindical e alteração estatutária, revogando a Portaria nº 343, de 04.05.2000, com as alterações posteriores pelas Portarias 375, 376,144 e 200. São 34 artigos, já em vigor e aplicados a todos os processos em curso naquele Ministério. A Portaria Ministerial vem lastreada na Constituição Federal (art.87, parag. único, inciso II) e no Título V da CLT, além de referir-se, expressamente, à Súmula 677 do Supremo Tribunal Federal.

 

Leia mais »

1* de Maio: o que fazer?

Por Augusto César Petta*    A todos que saíram às ruas,De corpo-máquina cansado,A todos que imploram feriadoAs costas que a terra extenuaPrimeiro de Maio!Meu mundo,

Leia mais »

Por que o “caso Isabella” comove?

Por Toni C.*

Não tomei conhecimento desde o princípio do caso de Isabella, cinco anos, encontrada morta no jardim de um prédio na zona norte de São Paulo no último dia 29. Mas aos poucos fui me inteirando, tomando conhecimento. Virou uma discussão nacional, onde é impossível não se envolver emocionalmente. Onipresente nos meios de comunicação há mais de duas semanas. Não há como tomar conhecimento e não se perguntar: Por quê? Quem?… Fui substituindo as perguntas, e entre as novas passou a surgir… “Por que o caso Isabella comove tanto o país?

Leia mais »
[timeline username="PortalCTB" theme="light" width="100%" height="400" title="My Timeline"]
[instagram-feed feed=1]